barra turquza.png
Pintas (Nevos)
O QUE SÃO PINTAS (NEVOS)

Nevos, comumente conhecidos como pintas ou sinais, são lesões cutâneas benignas adquiridas, localizadas na epiderme e na derme.

As pintas podem surgir nos primeiros anos da infância bem como na vida adulta, porém costumam atingir o maior período de proliferação durante a adolescência.

A exposição ao sol é um dos fatores que induzem o desenvolvimento de pintas nas áreas expostas da pele.

É importante fazer o seguimento destas lesões por períodos sequenciais a longo prazo para que o médico dermatologista possa identificar, através do exame dermatoscópico, possíveis modificações estruturais nos nevos e transformações malignas precursoras do MELANOMA CUTÂNEO.

Nevos displásticos são encontrados em geral em 5% da população caucasiana (branca) e não são incomuns na população de descendência negra

ABCDE DO CÂNCER DE PELE 
Saiba quando suspeitar que uma pinta (nevo) pode ser um melanoma. Toda pinta suspeita deve ser avaliada e periodicamente acompanhada por um médico dermatologista.
A - Assimetria: observe se, dividindo a lesão ao meio, suas metades são diferentes 
B - Bordas: observe se as bordas são irregulares (borradas), sem definição
C - Cor: observe se a lesão tem mais de uma cor, com diferentes tons e/ou distribuição não homogênea
D - Diâmetro: observe se a lesão tem mais de 6 mm de diâmetro
E - Evolução: mudanças nas características de uma pinta é o mais importante sinal de transformação maligna
TRATAMENTO

Em caso de detecção de caracteres associados a malignidade, a pinta (nevo) deve ser removida cirurgicamente. 

A remoção cirúrgica deve ser indicada se:  

  • a lesão está em local de difícil acompanhamento

  • a lesão está em local de circulação terminal como mãos e pés 

  • as bordas são irregulares

  • a lesão apresenta vários pigmentos e tons diferentes de cor

  • a lesão sofrer erosão ou ruptura sem traumatismo significativo

  • ou apresentar alteração de sensibilidade tais como dor, prurido e sangramento.  

Fonte: Dermatologia de Fitzpatrick : atlas e texto. Klaus Wolff, Richard Allen Johnson. 

 

Importante!

Problemas de pele não devem ser tratados de maneira superficial. Há procedimentos que parecem simples, mas podem causar danos permanentes se forem mal recomendados ou realizados por pessoas sem capacitação. Para que seja feito o correto diagnóstico e a indicação do melhor tratamento para cada caso, agende uma consulta com um médico dermatologista.

Saiba mais:

SOBRE CÂNCER DE PELE 

SOBRE FOTOPROTEÇÃO 

SOBRE ELETROCIRURGIA